31 de maio de 2012

Projeto 30 Dias de Delírio - 25


30 dias de delírio - 25
Passava quase todo dia sem prestar atenção no caminho, até que o maldito do cadarço de seu sapato desamarrou e foi obrigado a interromper sua marcha séria rumo ao trabalho. Indignado, se agachou e o amarrou bem firme, com dois laços, para não mais perder tempo com tamanha bobagem. Mas ao levantar o rosto para continuar viagem quase caiu sentado ao perceber a beleza da paisagem diante dos seus olhos. Ficou ali parado por vários minutos, sem sentir o tempo passar.
Naquele dia, pela primeira vez na vida chegou atrasado, mas com um largo sorriso no rosto.
Hoje, sempre que vai sair de casa amarra os cadarços bem folgados, torcendo para que durante sua caminhada se desamarrem e tragam de presente algo novo para sua rotina.

2 comentários:

Anônimo disse...

Caramba, ficou demais, a foto e o delírio associado ... Acho que é a minha preferida.

Dá pra fazer campanha para mais trinta dias? Ainda faltam alguns, mas já sinto falta :-)

Rica Retamal ® disse...

Obrigado, Anônimo! :)
Comentários assim são realmente um baita incentivo para investir cada vez mais tempo aqui no Delírio do Cotidiano. :D
Abraço