30 de abril de 2008

Lenin, de três

Os Bolcheviques iniciaram com Trotsky, Anatóli Lunatcharski, старый большевик, Josef "el loco" Stalin e Lenin.
Já os Mencheviques entraram em quadra com Pavel Axelrod, Alexander Martinov, Czar Nicolau II, Julius Martov e Pipoka.
Jogo empatado...
Faltando 2.3 segundos, Lenin, de três garante a vitória!!!
Cada uma que a gente encontra por ai... hehehehe

29 de abril de 2008

Luz... Câmera... Ação!

Que nada acontece por acaso eu já sei...
Mas não diga que o destino já esta determinado
Se isto for mesmo verdade
Quero ver onde está anotado
Pra poder apagar, rasurar, rasgar
E deixar que o dia a dia se encarregue de reformular
Não sou apenas o ator
No filme da minha vida
Sou o roteirista, continuista e diretor

O que importa

Qual o impulso que te carregou?
A força que te moveu na hora da decisão?
Medo?
Paixão?
Coragem?
Solidão?
...
Agora pare e pense
Faz alguma diferença o que te trouxe até aqui?
Importa agora se não tens um rumo traçado?
Ou se dizem que teu destino já está selado?
...
Importa apenas ter forças para seguir
Trilhar
Descobrir
Andar por lugares ainda inexplorados
Ou voltar a andar por lugares abandonados
Vagar pelo mundo
Um dia de cada vez
Sorrir a cada segundo
E não a cada mês

28 de abril de 2008

Poema de presente

Gosto muito de ganhar presentes.
Gosto muito de poemas.
Pois e não é que as duas coisas se juntaram?
Ganhei um poema de presente!
Olha ele aqui embaixo:

Saudade

Saudade
Saudade grande
Daquela que aperta
Daquela que oprime
Saudade
Um tantão
Um tantão gostoso
Que me faz ficar pensando
Saudade
Do MSN
Das conversas
Das risadas
Saudade
Pura saudade
De você
Daqui
De lá

Saudade
Minha e sua
Saudade...

Ganhei o dia... não, a semana... não, o mês...
Pra falar a verdade acho que ganhei o ano com esse presente! :D

Romance Anarquista

Eu à Direita...
Você à Esquerda...
Trocamos olhares
Mas ninguém deu o voto de confiança!
Gislaine Quintana Marques
(Poemas no Ônibus de 2004)
Anotei esse da janela de um ônibus em 2004. Encontrei a anotação ontem, revirando minhas coisas...

24 de abril de 2008

Máxima

"Não temos uma segunda chance para criar uma primeira boa impressão"
Autor desconhecido

E a primeira impressão é a que fica...

23 de abril de 2008

Poesia Visual

Na cidade grande não se enxergam mais paisagens, mas riscos pretos.

Produzido por: Catarse e Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz
Ano: 2005

22 de abril de 2008

Máxima sobre a vida

A vida não é um site de relacionamentos, onde todos são felizes e bebem socialmente!

18 de abril de 2008

Infinita Highway...

"Eu vejo o horizonte trêmulo
Eu tenho os olhos úmidos
Eu posso estar completamente enganado
Eu posso estar correndo pro lado errado
Mas a dúvida é o preço da pureza
E é inútil ter certeza..."
Humberto Gessinger (Engenheiros do Hawaii)

17 de abril de 2008

O Jogo

O Jogo tem 3 regras simples:

1) Você já está jogando o Jogo. (Basta conhecer o Jogo para estar jogando)
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

O grande objetivo do Jogo é esquecer que ele existe!

Mais detalhes aqui e aqui.

Perdi!!!
Depois meus pais dizem que eu que sou louco...

Putz, perdi de novo...

15 de abril de 2008

Estranho...

Ainda sob o "Efeito Doors", com os pensamentos virados do avesso, passo os dias cantarolando:

"People are strange when you're a stranger
Faces look ugly when you're alone
Women seem wicked when you're unwanted
Streets are uneven when you're down..."

13 de abril de 2008

From Los Angeles - CA, The Doors!!!

Quando comprei o ingresso para o show do Doors eu sabia que seria um baita show, mas eu não tinha a minima noção do que me esperava.
O que aconteceu na noite de sábado definitivamente não foi um show...
Foi uma viajem no tempo para uma época que eu sempre sonhei em viver.
Cada acorde da guitarra mágica de "Roberto" Krieger , cada nota do flutuante teclado de Ray Manzarek, cada canção tocada e ao mesmo tempo entoada como hino por todos ali presentes faziam minha alma flutuar e viver aquilo que eu só tinha visto em vídeos e tentava imaginar como seria.
Brett Scallions se saiu muito bem nos vocais, não tentando imitar Jim, mas sim vivendo cada música. Dava pra ver a satisfação dele cantando cada um daqueles sucessos imortais. Também, quem não estaria realizado ali naquele lugar, ao lado alguns dos tios mais pirados do planeta...
Ouvir canções como "Love me two times", "Touch me", "Alabama song", "The soft parade", Riders on the storm", e muitas outras sendo tocadas ao vivo pelos próprios Doors durante as duas horas mais alucinantes da minha vida certamente é uma coisa que vai ficar marcado na memória para sempre.
Ver eles no palco com uma bandeira em homenagem ao Rei Lagarto com todo mundo gritando "JIM!JIM!JIM!" também foi incrível.
Não existem palavras que possam descrever as coisas que senti durante aquelas duas horas, mas de uma coisa eu tenho certeza, Jim Morrison esta vivo, dentro de cada pessoa que estava ali presente e dentro dos próprios integrantes da banda. Não só está vivo como estava ali, no meio do público, dançando como um Xamã e dando muitas risadas.

Quem assistiu ao show sabe exatamente o que eu estou dizendo...

Barbearia Virtual

Navegando por ai, encontrei um negócio realmente fantástico!
Já tinha visto isso a um tempo atrás, mas nunca mais tinha ouvido falar...
Trata-se de um arquivo de áudio Binaural, técnica que simula um surround incrível mesmo com um fone estéreo.
Vale a pena ouvir esse arquivo com um fone de ouvidos e com os olhos fechados.
Nem perca seu tempo ouvindo nas caixas de seu PC, não dá o mesmo efeito.

Relembrando: FONE DE OUVIDO E OLHOS FECHADOS!
Vamos cortar o cabelo? É hora de ir para a barbearia!
Download do arquivo aqui!

O que achou?

Tem este e mais alguns AQUI.

10 de abril de 2008

Sonho bom

Quero provar desta tua alegria
Que me acalma, que me contagia
Que faz meu mundo ser como um sonho bom

Quero sentir tua pele suada
Ouvir palavras sussurradas
Implorando por coisas ousadas
E enlouquecendo de paixão

Quero repousar recostado em teu corpo
Ficar encaixado, aninhado
Sentindo o calor da tua pele
Deslizar pelos dedos das minhas mãos

E quando estiver entregue em meus braços
Quando estiver envolvida em amassos
Realizado, vou te dizer:

Quero provar desta tua alegria
Que me acalma, que me contagia
Que faz meu mundo ser como um sonho bom
.
.
.

Decoreba

Ensaiei tanto o que dizer que estava tudo completamente decorado
Em pensamento é muito mais fácil falar aquilo que esta engasgado
Mas quando na tua frente eu cheguei
Mais uma vez meu mundo ficou travado
O teu cheiro maravilhoso esparramado por todos os lados
E o brilho molhado dos teus lábios pintados me deixaram hipnotizado
Fiquei sem jeito, nervoso e calado
Falei algumas besteiras só pra ver teu sorriso
E assim como cheguei, fui saindo
Ensaiei tanto, mas na hora fiquei parado
E fui embora sem falar nada do que tinha planejado

Noites vazias

As noites passam, escuras e frias
Mudo de bar, mudo de companhia
Uma busca fugaz
Um grito de desespero na noite vazia
Rostos estranhos olham me condenando
Não ouvem minha história
Apenas criticam o meu pranto
O álcool já não alivia mais a dor
Ilude a cabeça
Momentaneamente
Mas não ilude o coração
Estou sozinho
Bem no meio da multidão...
O caminho de casa é longo e penoso
Pior a cada dia
Mas eu continuo voltando
Mesmo sem saber ao certo, o porquê
E no dia seguinte, acordo sozinho na cama
A cabeça explodindo, um gosto amargo na boca
As roupas cheirando a cigarro
Esparramadas pelo chão
...
Mas que grande conquista...
Esse que é o prêmio de consolação?

8 de abril de 2008

The Doors - The Soft Parade

This is the best part of the trip...
This is the trip, the best part...

Letras do Doors aqui

4 de abril de 2008

Questão...

De que me vale ir as putas em busca de satisfação, se toda graça está no flerte, no jogo da sedução?