7 de novembro de 2007

Ao som do batidão

O sucesso do filme Tropa de Elite esta evidente, mas o que eu não esperava era que o funk que toca durante o baile que aparece no filme iria virar mania nacional.
Uma música de exaltação a bandidagem, com uma letra que fala sobre armamento e sobre a rixa com os "Alemão" que é a policia, afinal, eles se denominam "Aliados".
Um traficante armado de fuzil escutar essa música eu até entendo, mas o pessoal escutando nos carros a todo volume, e dançando nas boates ao som do batidão da bandidagem pra mim é demais.
Todo mundo reclama da violência, ai vai pra festa e se diverte ao som de musicas que transformam os bandidos em mitos, que desafiam o BOPE, Exercito e tudo mais... Tem que ter paciência...
Por falar em batidão, esse funk de hoje para mim é a maior chinelagem que existe, é putaria generalizada! E as guriazinhas, todas de familia, dançando ao som das letras (se é que podemos chamar aqueles versos ridículos e pornográficos de letras) rebolando até o chão, com o dedinho na boca fazendo pose de puta. Sim, sedução é uma coisa, putaria é outra bem diferente.
Dançar provocando é uma arte, agora empinar a bunda e rebolar até o chão pra mim está longe disso. E as mulheres, que lutam tanto pelo seu espaço, assistem a outras rebolarem enquanto os caras olham com cara de tarados, ao som de musicas que tratam a mulher como um simples objeto sexual.
Antes se ouvia bandas que tocavam funk de verdade. Aquele funk das antigas, que era legal de dançar, com molejo, malandragem, gingado e suingue, mas elas perderam seu espaço. Agora, basta pegar um microfone e gritar um monte de vulgaridades que está feito... Todo mundo sai dançando...
Eu sei que gosto é gosto e não se discute, mas o que acontece é que eu tenho um problema grave nos tímpanos que me incomoda muito.
Eles simplesmente não aceitam música ruim.

Ps: Desculpe pela generalização... mas é que toda essa banalização (ou seria bundalização?) me deixa revoltado...

Ps2: Lembrando do refrão de um desses funks que ouvi por ai: "Você não é a outra, Você não é prostituta, Você é pior... Você é a substituta!" E aquele monte de meninas/mulheres rebolando e indo até o chão... que maravilha!!!)

PS3: Dá uma olhadinha AQUI pra ver que o problema é beeeem maior do que esse post.

2 comentários:

A Outra disse...

mulheres?! mulheres!? a categoria é outra...
mulher sou eu.
essas são "cachorras". =P
concordo, concordo.
bjs!

Maria Fernanda disse...

Ola!