19 de setembro de 2007

Desejo

Pra além daqueles montes
É onde vou te levar
Pra andar por entre o mato
Com o sol sempre a brilhar
Pra tomar um bom banho
Na cachoeira cristalina
Respirar o ar puro do campo
Relaxar e curtir a vida

Um comentário:

urban disse...

Nossa ... esse poema me fez retroceder no tempo ... muito tempo atrás ... um momento marcante e inesquecível.
Obrigada por me trazer esta lembrança!
;)